O uso de celulares e tablets está cada vez mais presente. “Até quando vamos dar desculpas para não nos adaptarmos a esta realidade mobile?”, pergunta Matt Bush, Diretor de Agências do Google UK.

Atualmente mais 40% das pessoas preferem navegar na internet pelo dispositivo móvel, ainda que as conversões no mobile sejam inferiores que as via desktop.

O Google verificou e constatou que quando falamos de vendas online, o consumidor ainda prefere finalizar sua compra no computador por preferir fazê-la numa tela maior onde as informações ficam mais claras.

O motivo disso é a deficiência de muitos sites na versão móbile, carregamento lento e fluxo de navegação ruim. Essa experiência ruim deixa o usuário frustrado e faz com que a venda e navegação pelo celular perca sua relevância.

Para o Google esta é a hora: adapte seu site para dispositivos móveis.

Cada vez mais as pessoas estão exigindo facilidade ao navegar na internet pelo celular. O que todos querem é praticidade e agilidade.

Para o Google, isso significa apenas uma coisa: as empresas que quiserem permanecer competitivas precisam priorizar a navegação móvel de seus sites.

 

É como resolvemos isso? Primeiro precisamos analisar o site:

 

  • Tempo de carregamento

Tempo é dinheiro, diz o ditado. No caso do seu site, quanto mais rápido ele for, mais venda pode trazer.

À medida que as tecnologias entregam soluções mais rápidas, as pessoas estão cada vez menos dispostas a esperar e isso se aplica também a sites de venda e institucionais.

Pelo celular um site leva, em média 15 segundos para carregar por completo e para o usuário que busca por informações, é tempo demais para esperar.

Sua marca pode ter um site incrível, mas se não se adaptar às novas tecnologias e exigências do usuário, perderá a competitividade online. A regra é clara: Não interessa “quem faz melhor”, interessa “quem faz melhor agora”.

O Google descobriu que aquele velho ditado citado acima é mais válido do que nunca.

Foi constatado que quando se trata de vendas online, um segundo (1s) a mais no tempo de carregamento de uma página pode influenciar as conversões mobile em até 20%.

Ou seja, de nada vale investir em mídias sociais se ao acessar seu site, o cliente desiste do acesso pela demora no carregamento.

Esse é o momento de avaliar seu site e reduzir cada segundo de espera do usuário. Quanto mais rápido seu site for, maior será a conversão móbile e conseqüentemente seu site será mais competitivo no ranqueamento.

 

  • A Experiência Mobile do Usuário

Cada vez mais os clientes buscam boas experiências ao navegar pela internet. Quando seu site está na tela do cliente ele busca praticidade para que seu desejo seja atendido. Quanto mais prático e funcional for seu site, maior a chance de uma conversão virar uma venda.

No móbile é muito importante que seu site se adéqüe a todos os dispositivos móveis para evitar que o usuário tenha algum impedimento ao acessar seu site.

É importante que o site seja responsivo e com conteúdos específicos para navegação móbile.

 

CONCLUSÃO

Quando uma marca está buscando conexão com o consumidor, tem obrigatoriamente que se preocupar com a experiência do consumidor no seu site. Cada vez mais o usuário está navegando pela internet através de seus dispositivos móveis e a empresa precisa se atentar e se preparar para isso.

O Google disse e devemos escutar: “Estamos na “era do ouro” da experiência do usuário, e qualquer coisa inferior a uma experiência rápida e fluida não irá sobreviver.”

Se você precisa adaptar seu site a essa nova realidade, fale conosco!

Fontes
1 Think with Google / Sem desculpas: hora de melhorar a experiência mobile da sua marca, Maio 2018
2 Google/Heart+Mind Strategies, “Getting Things Done on Mobile,” n=1,847, EUA, A18+ usuários de smartphones, Dez. 2017.
3 Pesquisa Google, Webpagetest.org, amostra 11M domínios mWeb globais carregados em conexão 4G, Jan. 2018.
4 SOASTA, The State of Online Retail Performance, Abr 2017.
5 Econsultancy e Google, Marketing and Measurement Survey, n=514 executivos de marketing e métricas de empresas dos EUA com receita superior a $250M, Março 2017.

Todos sabemos que as imagens tem papel fundamental em um site, seja ele institucional, blog ou uma loja virtual.

As imagens ajudam muito na hora de vender o seu negócio e bem otimizadas também ajudam a alavancar os acessos de seu site (SEO).

Você não sabe como otimizar as imagens de seu site? Leia aqui e fique por dentro.

Quanto devem pesar as imagens do meu site?

Quanto maior a imagem, mais pesada ela vai sei e mais tempo demorará para carregar. Além de correr o risco de seu cliente não ter paciência para esperar o carregamento, imagens pesadas podem fazer seu site ser visto com maus olhos pelos buscadores, como o Google por exemplo.

O ideal é que as imagens tenham no máximo 300kb.

Mas em tamanho, quanto as imagens devem medir?

As dimensões das imagens variam bastante de acordo com o formato da imagem que você está trabalhando e por isso é impossível seguirmos uma medida única.

Por isso, separamos alguns formatos para você ter uma base.

 

Foto Produto:

A imagem deve ser clara e objetiva! A intenção é vender e por isso é muito importante que a imagem tenha boa qualidade (não pode estar borrada ou desfocada) e deve ter um tamanho onde o cliente consiga visualizar o produto perfeitamente.

As fotos de seu produto devem ter o máximo de
600 x 600 pixels.

Fotos Full Screen (muito usado em fotos de capa / banners)

Se o objetivo é preencher a tela do computador/notebook a imagem terá que ser um pouco maior. Abra a imagem e certifique-se de que a qualidade de imagem será suficiente para preencher uma tela cheia.

As imagens full screen devem ter no máximo 1600px de largura e sua altura pode variar entre 800 e 900 pixels.

O peso dessas imagens nunca deve ultrapassar 700kb.

 

Fotos Full Width (muito usado em fotos de capa / banners / faixas promocionais)

Neste caso o objetivo é que a imagem tenha a largura da tela do seu cliente, então sua altura será sempre a mesma.

A largura deve ter no máximo 1600px de largura e sua altura dependerá do layout escolhido.

O peso dessas imagens nunca deve ultrapassar 600kb.

 

Fotos variadas

As fotos que serão inseridas no site, seja em galerias ou individuais, devem ter boa qualidade mas não precisam ser em alta resolução.

Lembre-se: quanto maior a imagem, mais tempo leva para seu cliente carregá-las.

As dimensões das imagens podem variar bastante de acordo com o seu formato. Imagens horizontais devem ter no máximo 900px de largura. Imagens verticais devem ter no máximo 800px de altura.

As imagens de seu site (que não pertencem a banner / capa) devem pesar no máximo 300kb.

 

Fundos de secção:

Quando seu site possui imagens ou texturas de fundo as mesmas já são entregues a você otimizadas. Mas caso você tenha necessidade de trocar o fundo de seu site (ou de parte do site) é importante que essas imagens também sigam os critérios de tamanho e peso.

Quando o fundo for de alguma textura (amadeirada, desenhos, etc) usa-se imagens de repetição e estas devem pesar no máximo 100kb.

Quer saber mais? Saiba como otimizar as imagens de seu site.

Ficou com dúvidas, entre em contato com um de nossos especialistas! Fale Conosco!

 

Se você faz a administração do seu site ou trabalha com conteúdo para a internet, sabe a importância que as imagens tem e o que você quer passar para as pessoas.

Fazer o upload de imagens e fotos para o seu site é um processo muito simples, tão simples que às vezes pode ofuscar a importância da otimização dessas imagens.  Este processo de otimização das imagens do seu site não é apenas uma maneira de fazer suas fotos parecerem melhores – é também uma parte crítica do SEO do seu site.

Textos e imagens andam de mãos dadas, e se uma das partes não estiver boa, todo seu trabalho vai por água abaixo.

Lembre-se sempre: tudo precisa estar otimizado para a web!

Desde o site até as todas as imagens, fotos etc. Por isso, resolvemos listar algumas dicas básicas e importantes, de como melhorar a qualidade do seu trabalho online. Veja abaixo!

1. Tamanhos dos arquivos

Tempo de download. Ponto final. Se a imagem demorou para baixar vai demorar para carregar em seu site.

Você pode escrever um post fazer uma ótima publicação, mas se por algum motivo suas imagens não carregarem, seus leitores e/ou clientes olharão para a aba do lado e…. lá se foi a atenção.

Dica: Quando você estiver editando suas fotos, opte por “Save for Web.” Depois disso, uma nova janela vai surgir com algumas opções de otimização para web.

 

Tamanho X Qualidade

Quase todos os editores de imagens hoje em dia permitem que você salve as imagens em seu desktop em diferentes níveis de qualidade. Ao contrário do que algumas pessoas pensam, salvar uma imagem com a mais alta qualidade nem sempre é a melhor opção. As imagens grandes, como fundos, e imagens que não precisam de alta definição, podem ser salvas em uma qualidade apenas um pouco acima da média, a fim de reduzir o tamanho do arquivo e melhorar a velocidade de carregamento do seu site.

 

Devo colocar imagens pequenas então?

Não! Publicar imagens pequenas demais em seu site também não é legal, você pode acabar com um arquivo pequeno demais e com uma imagem esticada e embaçada.

Conhecer os parâmetros da sua página web é o segredo para ajustar sua imagem para o tamanho correto.

Por exemplo, se seu site tem 1366 pixels de largura (notebook), você precisa ajustar suas imagens para o mesmo tamanho.

A altura da imagem não importa muito, a não ser que você queira imagens com um formato específico. Lembre-se também de prestar atenção no número de quilobytes da sua imagem, que você pode encontrar no canto esquerdo da janela “Save for Web.”

Uma boa regra é que um número pequeno de quilobytes significa menos tempo para carregar uma imagem.

Menos de 300k geralmente é um número bom e seguro para garantir qualidade.

 

2. Formatando seus arquivos

Existem imagens de todos os formatos e tamanhos, e é importante saber para qual fim a imagem será usada, assim você poderá escolher melhor qual formato deverá ser usado.

Existem três tipos padrão de arquivo de imagem que você provavelmente vai trabalhar: JPEG, PNG e GIF.

Vamos simplificar:

  • Use JPEG para fotos
  • PNG para vetores
  • GIF para animações/vídeos.

Você pode escolher o formato ideal para as suas imagens quando você salvar em qualquer software de edição de fotos.

 

 

3. Nomeando suas imagens

Cada imagem que você salva tem um nome e isso é essencial caso você queira que sua página se saia bem nos sites de buscas.

Os buscadores, como o Google, rastreiam páginas não apenas pelo conteúdo, mas também por palavras-chave em cada imagem.

Mas qual nome escolher para o arquivo de cada imagem?

Pense em como você buscaria essa imagem. Você provavelmente começaria com uma palavra-chave simples, descritiva, como por exemplo “casa na montanha”.

Use a mesma lógica ao nomear suas próprias imagens, escolhendo termos detalhados e separando cada palavra-chave com um hífen, para que, por exemplo, a imagem de “casa amarela” seja lida como “casa-amarela.jpg.”

 

 

4. Pense nas dimensões:

Cada imagem tem uma finalidade e você, mais do que ninguém, sabe onde deseja encaixar cada imagem. Escolher quanto espaço sua imagem ocupa pode ser tão importante quanto a imagem em si.

Escolher a dimensão certa para suas imagens não só irá melhorar a aparência geral do seu site, mas também irá contribuir para que ele pareça mais profissional e arrumado.